Home Uncategorized Trilha do Pico do Selado

Trilha do Pico do Selado

6 min leitura
Comentários desativados em Trilha do Pico do Selado
0
757

A trilha de Monte Verde está situada no Parque Verner Grimberg, APA Fernão Dias – Área de Proteção Ambiental.

Trilha do Selado

Trilha que exige bom preparo físico

Distância: 4,5 Km

Tempo de Percurso: 04 horas – ida e volta

Local de acesso: Rua Mantiqueira

GPS: 22º  53.76906’  S, 46º  03.06266 W

Saia  pela  manhã – vá com calma e aprecie a  paisagem

ATENÇÃO: Procure um guia para este passeio, há pontos de mata fechada, grande risco de se perder.

Trajeto: Siga até a pedra do Platô. Já no Platô caminhe na direção Sul, há uma pequena trilha que conduz ao outro lado da pedra (mirante). Já do outro lado da pedra procure a sua direita (na parte baixa da pedra) pela entrada da trilha. Há uma pequena placa indicativa da trilha)

Pela Trilha do Platô
O Platô

Olhando da Pedra do Platô para o leste, é difícil acreditar  que  debaixo  daquele  imenso tapete verde existe uma trilha.

Pois existe, e ela merece ser explorada.

 

A Trilha do Pico do Selado é considerada uma das  melhores  da  região. Ela começa em  um  bosque muito agradável, passa por locais belíssimos e chega a um platô de onde se tem um visual maravilhoso. Aliás, assistir ao pôr-do-sol daquele platô  e  ficar observando  as primeiras estrelas surgir em no céu é coisa do outro mundo . Só  não se  esqueça de levar uma lanterna bem confiável, pilhas extras e um agasalho impermeável para o caminho de volta, senão o passeio vai virar  uma roubada. Mas ATENÇÃO, não faça a trilha sozinho, procure guia e vá em grupo.

Foto Multisport Mantiqueira

Logo acima da janela do Selado fica o cume do Selado, cujo acesso é restrito a escalador es iniciados. Lá, fica o livro de cume, em que os montanhistas podem deixar suas mensagem e comentários.

Escalada par ao Cume do Pico do Selado. Foto da: Multisport Mantiqueira

Atenção

  • A trilha do Pico do Selado não costuma ser muito utilizada, portanto evite percorre-la sozinho;
  • Há trechos em que a trilha está quase fechada, fique atento para não perder o caminho . Na dúvida retorne;
  • Use calças, de preferência, pois há trechos de plantas com espinhos;
  • Fique atento à presença de névoa ou neblina na serra, pode ocorrer rápida diminuição das condições de visibilidade. Neste caso retorne imediatamente;
  • Fique atento à borda dos penhascos.

 

Dicas:

  • Escolha um par de tênis ou botas confortável, que esteja devidamente“amaciado”.
  • Use meias esportivas que não retêm  umidade.
  • Amarre seu calçado de forma que fique firme no  pé.
  • Unhas dos pés mal aparadas podem causar grande desconforto: preste atenção a esse  detalhe.
  • Leve água e um agasalho
  • Saco para retornar com o lixo

 Quanto maior a altitude, maior a exposição aos os raios solares. Por isso, antes de começar o percurso aplique protetor solar e, se houver vento gelado , use também um protetor labial.

Não esqueça a máquina fotográfica: em dias bonitos, de céu claro , é  possível ver e  registrar paisagens maravilhosas a  uma  enorme  distância.

  • Se Perdeu nas Trilhas?

    Procure um lugar com sinal de celular ligue para a Polícia 190 ou corpo de Bombeiros 192 e aguarde o Socorro.

 

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Associação de Hoteis
  • Encontro de Corais em Monte Verde

    Evento realizado pela AHPMV e Prefeitura de Camanducaia – Encontro de Corais Patrocí…
  • A Melhoramentos Florestal

     A CIA MELHORAMENTOS Os negócios da Cia. Melhoramentos englobam editora, livraria e fibras…
  • Maíra Charken em Monte Verde

    Em Julho, a artista Maíra Charken, grávida de Gael, esteve curtindo Monte Verde com seu no…
Carregar mais Uncategorized
Comentários fechados

Veja também

Feriado de Carnaval sem a agitação da folia

Para você que quer aproveitar o Feriado de Fevereiro mas sem a Folia do Carnaval. O Destin…